Autores

“O melhor do romance, em minha opinião, e acima de outras virtudes, são os personagens. Têm voz própria, identidade, que transmitem de um modo equilibrado segundo sua importância e crescem à medida que as páginas avançam.”

David Zurdo

“Javier Sierra tem se posicionado na melhor linha dos grandes escritores de best-sellers norte-americanos, combinando ao mesmo tempo a tradição dos mestres europeus.”

José Calvo Poyato

“Javier Sierra volta a demonstrar porque é o rei indiscutível do romance de investigação e pesquisa. O Anjo Perdido é ainda melhor do que A Ceia Secreta.”

Iker Jiménez

“O Anjo Perdido é um livro tão surpreendente e mágico como Javier.”

Julia Navarro

Imprensa

“Puro thriller.”

Qué Leer

“Acontecem coisas tão tremendas na obra e a um ritmo tão vertiginoso que o leitor se entrega cúmplice nas redes do verossímil literário que [Sierra] tece de forma minuciosa.”

La Razón

“Ler O Anjo Perdido implica em entrar em outra dimensão e num verdadeiro prazer.”

Heraldo de Aragón

“As histórias tradicionais de todas as culturas falam do mesmo ainda que suas linguagens sejam babilônicas e isso é o que Sierra nos mostra com grande habilidade.”

El Cultural (El Mundo)

“As expectativas que são despertadas no leitor página a página e um final cheio de ternura e esperança são um presente para os leitores.”

ABC Córdoba

“Um romance que transcende a ficção e se converte, em si mesmo, em uma valiosa realidade.”

Más Allá

“O Anjo Perdido acaba com sete anos de silêncio do autor (e da ansiedade para seus milhares de fãs).”

ADN

“Sete anos de espera valeram a pena, porque seu novo e fascinante romance merece constar entre os que perduram para além dos modismos temporais.”

Año Cero

“Uma experiência de alta voltagem.”

La Vanguardia

“Javier Sierra é o rei do best-seller.”

XL Semanal